Gestão da qualidade: um diferencial em escritórios de arquitetura

 Confira artigo publicado no Jornal do Comércio por Vera Zaffari sobre práticas de gestão!


Gestão da qualidade: um diferencial em escritórios de arquitetura

Quem está preocupado em elevar a produtividade deve, antes de tudo, elaborar um bom planejamento do trabalho, calcado em um primeiro e fundamental resultado, que resume tudo: a qualidade. O problema é que planejar e sistematizar nem sempre são atividades familiares para os arquitetos, cuja natureza do trabalho está muito mais relacionada à criatividade do que ao cumprimento de planos e metas mais rigoroso. Mas não há outra saída quando se tem clientes que buscam resultado, têm escopos definidos e prazos de entrega. O tempo dos profissionais é o recurso mais caro em um escritório de arquitetura.

Ter processos descritos e mapeados ajuda a garantir os tempos necessários para que o processo criativo possa acontecer e para que o projeto possa ser entregue no prazo acordado. O perfeito conhecimento das entradas e saídas de cada etapa é fundamental. Isso define o que devemos produzir em cada momento e aonde devemos chegar ao final das etapas.

O trabalho pode começar pela identificação das necessidades instrumentais que melhor auxiliam na organização dos sistemas. É preciso saber distribuir os projetos de acordo com os perfis dos profissionais, para que as necessidades dos clientes sejam atendidas com excelência, rapidez e inovação. Organizar o trabalho, equilibrar demandas, chamar parceiros das áreas complementares para demandar projetos e otimizar o trabalho para que tudo ande de forma fluída – e para que novos projetos possam ser entregues ao cliente: esse é o caminho.

Muita gente torce o nariz para as reuniões, mas uma das atividades que dão resultado dentro de um plano de ação da gestão de qualidade de escritórios de arquitetura são os meetings. Trata-se de uma reunião semanal em que os líderes de equipe trocam informações sobre os novos projetos, atualizam os dados dos trabalhos em andamento e discutem indicadores e ideias para novas ações na empresa. Os projetos do escritório são filtrados e organizados, unificando informações e linguagem para o trabalho se repassado ao cliente. Reuniões quinzenais e um fórum de melhorias que envolva a todos no escritório também podem contribuir para o escopo do trabalho na busca de qualidade, já que a comunicação é fundamental. Projetos de grandes clientes, dos quais vários profissionais participam, precisam estar alinhados. Nos encontros é possível esclarecer dados, tirar dúvidas, estabelecer prioridades e orientar mudanças.

O conhecimento do negócio do cliente é garantido pela utilização de registros padrões. Envolver todas as partes interessadas no processo, garantindo que a comunicação flua de forma otimizada, para que não haja zonas de sombra entre as várias disciplinas envolvidas, é fundamental.

Conversa entre a equipe, troca de informações e alinhamento do trabalho e autoavaliação constante contribuem para a gestão da qualidade nos escritórios de arquitetura, resultando em uma empresa mais qualificada, menos improvisada – traço que, muitas vezes, acaba invadindo a área da administração em empresas dominadas pela criatividade.

Com práticas de gestão atuais e de resultado comprovado, arquitetos trabalham para garantir a qualidade do trabalho desenvolvido em seus escritórios – o que, inevitavelmente, reflete de forma positiva no cliente. O reconhecimento do mercado vem em consequência, com distinções como os troféus do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade, o aclamado PGQP. A conquista do reconhecimento e da fidelização dos clientes é oriunda dessa extensa dedicação dos comitês de trabalho criados para atender a pessoas, clientes e mercado, sustentabilidade e responsabilidade social, inovação e tecnologias, informação e conhecimento, liderança e processos, estratégias e planos. 

VERA ZAFFARI
Arquiteta, diretora do escritório VZA – Vera Zaffari Arquitetura

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>