CATEGORIA: CASES VZA, Centros de Distribuição, INOVAÇÃO, SUSTENTABILIDADE

PROJETO ASSINADO PELA VZA, NOVO CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DO GRUPO HIMALAIA É INAUGURADO

Com necessidade de expandir operações de negócios e realocar a infraestrutura de suas atividades, o Grupo Himalaia inaugurou em agosto deste ano um novo centro de distribuição de produtos em Eldorado do Sul/RS. A equipe Vera Zaffari Arquitetura participou do processo desde a concepção, projeto e orçamentação da obra, dedicando toda sua expertise técnica e conhecimento em centros de distribuição para atingir o melhor custo do empreendimento e eficiência na viabilização da execução da obra.

Os tons de branco, azul e vermelho da edificação respeitam a identidade visual da marca. Quatro vezes maior do que a infraestrutura anterior, a nova sede do CD Himalaia acompanha um padrão moderno em nível tecnológico.

Vista aérea do CD Himalaia

Vista aérea do CD Himalaia

Tecnologia de alta geração está presente em todos os equipamentos do CD Himalaia

Tecnologia de alta geração está presente em todos os equipamentos do CD Himalaia

As instalações contam com um prédio administrativo, um armazém, um restaurante aberto ao público interno e externo, além de todas as áreas técnicas e de apoio necessárias ao funcionamento de um centro de distribuição.

Sede administrativa com 2.000m² de área construída

Sede administrativa com 2.000m² de área construída

Armazém com 6.800m² de área construída

Armazém com 6.800m² de área construída

Restaurante aberto ao público

Restaurante aberto ao público

Enquanto a estrutura antiga possuía apenas cinco docas, o novo CD abriga 26 docas que atendem todo o fluxo de recebimento e expedição, com espaço para a manobra das carretas e fácil acessibilidade à rodovia. Com o crescimento das dependências do centro, aumentou também o número de funcionários do grupo, totalizando mais de cem colaboradores no quadro funcional.

Docas cobertas

Docas cobertas

Além do padrão moderno em nível tecnológico, o CD Himalaia é referência em sustentabilidade. Com o objetivo de economizar recursos naturais, o fechamento do prédio foi feito com materiais mais eficientes e isolantes, minimizando a carga térmica do ar condicionado e reduzindo o consumo de energia. As dependências são cobertas com isolante térmico e contam com lâmpadas sustentáveis, bem como iluminação natural, possibilitando menor consumo de energia. O uso de gerador em horário de ponta viabiliza uma economia mensal de 20%.

Ainda, aeradores nas torneiras, mictórios e torneiras com temporizador e bacias sanitárias com acionamento duplo resultam em uma economia de água de 49%. O reaproveitamento do calor excedente do ar condicionado é previsto para aquecer a água dos chuveiros dos funcionários.

Cobertura com telha zipada, isolamento térmico e acústico e iluminação natural

Cobertura com telha zipada, isolamento térmico e acústico e iluminação natural

Por tudo isso, o empreendimento está sendo apresentado pela VZA a outros clientes do mercado coorporativo, incluindo shoppings, hotéis e varejo, como modelo de sustentabilidade, economia e prospecção de marca.

 

 

 

CATEGORIA: CASES VZA, Hotéis, INOVAÇÃO, MERCADO, Varejo

REVITALIZANDO ESPAÇOS: PROJETO DA VZA PARA O HOTEL LAGHETTO VIVERONE HARMONIZA PASSADO E PRESENTE

Em setembro de 2014, o caderno Casa&Cia, do Jornal Zero Hora, trouxe detalhes da reformulação arquitetônica do hotel Viverone Moinhos, lançamento mais recente da rede hoteleira Laghetto no estado. O charmoso casarão de 1937, inventariado pelo patrimônio histórico de Porto Alegre/RS, foi revitalizado e transformado em empreendimento comercial.

A equipe Vera Zaffari Arquitetura assina o projeto, tendo enfrentado o desafio de manter a arquitetura original do imóvel e criar uma edificação integrada para comportar 132 quartos e hospedar até 300 pessoas.

foto001

A casa de 613 m² recebeu apenas pintura e pequenas manutenções. Neste ambiente, situam-se a recepção do hotel, o restaurante, o bar e a área de estar. Vitrais, piso de parquê e corrimão em metais e madeira foram mantidos, bem como um oratório existente no segundo piso.

foto002

foto003

foto004

Uma passarela integra a antiga residência da família Michelleto à nova estrutura construída, com 6 mil metros quadrados e 11 pavimentos. A fachada da edificação é em revestimento cerâmico, alumínio composto e vidro duplo refletivo, que promove isolamento térmico e acústico.

foto005

O modelo cosmopolita de arquitetura contemporânea e a herança cultural do casarão harmonizam passado e presente, formando um complexo hoteleiro repleto de charme e conforto.

Para ler a matéria na íntegra, acesse http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/casa-e-cia/noticia/2014/09/dois-hoteis-de-diferentes-perfis-cumprem-o-papel-de-fazer-os-hospedes-se-sentirem-em-casa-4595126.html.

CATEGORIA: INOVAÇÃO, INSTITUCIONAL, MERCADO, Varejo

VZA projeta expansão de Lojas Eliane

eliane2O escritório VZA – Vera Zaffari Arquitetura elaborou o novo projeto dos pontos de venda das Lojas Eliane, rede de varejo de roupas e calçados em franca expansão pelo interior dos estados de São Paulo e Paraná.

elianeAs mudanças representam uma mudança de posicionamento da empresa, que iniciou suas atividades com uma pequena loja em Carlópolis (PR) e hoje busca uma profissionalização em sua gestão.

eliane3“O projeto de Piraju, quarta loja, tem como premissas básicas favorecer o autosserviço e criar ambientes que conversem com seu público-alvo, sem perder o jeito de ser de cidade do interior, onde todos se conhecem”, especifica Vera Zaffari. Facilitar a operação para poder crescer sem perder a identidade é o principal desafio a ser vencido pelo projeto de arquitetura comercial. “Trabalhar com um projeto de loja que seja facilmente replicável, mas que tenha uma conceituação firme, consistente, se faz necessário no momento de expansão das redes de varejo”, ensina a arquiteta.

 

CATEGORIA: CASES VZA, INOVAÇÃO, INSTITUCIONAL, MERCADO, Varejo

Veja os novos ambientes da Luel projetados pela VZA

Luel_fachada-1024x682Um dos mais recentes projetos finalizados pelo escritório VZA – Vera Zaffari Arquitetura é o da loja Luel, localizada na Av. Ipiranga, em Porto Alegre.

A proposta era remodelar o espaço, que a partir de agora é destinado para variados segmentos de decoração e móveis planejados. Era preciso criar ambientes como em uma residência, para que o público entrasse e vislumbrasse a sala de estar, a cozinha, a sala de jantar, o quarto, o closet. “Vera Zaffari e sua equipe captaram com exatidão e sensibilidade essa ideia. Tudo ficou melhor do que imaginávamos”, atesta Elvete de Oliveira Garcia Sá, diretora da loja.

Confira os ambientes projetados por Vera Zaffari e como ficou a nova loja Luel:

SALA DE ESTAR

Luel4

 SALA DE JANTAR

Luel

COZINHA

Luel5

 QUARTO DO CASAL

Luel6

 QUARTO DE SOLTEIRO

Luel3

CATEGORIA: Hotéis, INOVAÇÃO, INSTITUCIONAL, MERCADO, Varejo

Vinícolas reinventam-se através da arquitetura

Em recente viagem à Europa, a arquiteta Vera Zaffari pode constatar o que já havia visto e avaliado em seus estudos no Brasil: as vinícolas descobriram a arquitetura como grande aliada na reinvenção de seus negócios.

“A nova arquitetura, moderna, renovada, transformou-se em mais um atrativo para quem visita as vinícolas, que estão descobrindo uma nova forma de receber seus visitantes”, conta a arquiteta. Os atrativos para o fortalecimento da marca e para reter o cliente mais tempo nos estabelecimentos vão para além do bom vinho e da boa gastronomia. “O visitante busca os prazeres do paladar e do olfato, mas também passa a apreciar o belo, a beleza das construções, a mistura da tradição com novos conceitos de arquitetura e design de interiores. E as empresas querem que suas instalações demonstrem que sua tradição, mas também que elas estão se modernizando e atualizando.”

Veja algumas das vinícolas visitadas por Vera Zaffari na Europa, em fotos feitas pela própria arquiteta:

Bodegas Baigorri  (Alava - Espanha) (1)Bodegas Baigorri - A vinícola, localizada em Samaniego, Espanha, promove até sessões de yoga. A paisagem colabora para a meditação. Detalhes: http://bit.ly/UFzXA4 .

Bodega Cepa 21 (Ribera del Duero - Espanha) (3)Cepa 21Para além da qualidade dos vinhos, o lugar virou um centro de eventos disputado. Detalhes: http://bit.ly/1jtZvp1 .

Bodega Marqués do Riscal (3)Marqués de Riscal - Frank Gehry, que projetou o museu Guggenheim de Bilbao, criou o novo perfil da vinícola. Detalhes: http://bit.ly/1lrHEio .

Cantina Petra (Toscana - Itália) (7)I Vini Petra - Na Toscana, a memória de gregos e etruscos ecoa. Detalhes: http://bit.ly/SNpzED .

As vinícolas também estão transformando suas instalações em hotéis e spas no Rio Grande do Sul.

spadovinhoÉ o caso do Hotel Spa do Vinho, localizado em Bento Gonçalves, que tem projeto de Vera Zaffari. A arquiteta explica: “o projeto teve como base conceitual uma releitura das Cantinas da região da Toscana, Itália, localizadas junto aos vinhedos e onde são produzidos os seus vinhos. Esses locais também oferecem excelente hotelaria e gastronomia, assim como recebem visitas para degustação e venda de seus produtos. Algumas cantinas ainda oferecem os serviços de Spa, com produtos feitos à base do polifenol das uvas”.

O Spa do Vinho tem como premissa contemplar todas estas situações: um projeto de hotel inserido na região do Vale dos Vinhedos, tendo sua implantação no alto de uma colina em meio às vinhas e à região, produtora dos melhores vinhos e espumantes do Brasil. Há um restaurante com gastronomia diferenciada, onde se descortina o visual deslumbrante da região. Também um SPA foi concebido dentro dos melhores padrões técnicos para propiciar um ambiente relaxante aos hóspedes. “No topo do hotel, junto à cobertura, um espaço gourmet permite ao hospede que ele mesmo junte amigos e cozinhe para eles, apoiado por uma área externa configurada por ser um dos pontos mais altos da região”, emenda Vera.

O Hotel possui 128 apartamentos e uma estrutura de apoio com infraestrutura dimensionada para realizar grandes eventos.

Confira: http://bit.ly/1lHXj1V .

CATEGORIA: Hotéis, INOVAÇÃO, MERCADO

Arte, arquitetura e design de ontem e de hoje em hotel em Chicago

tlchi_hero5Uma das cidades mais movimentadas dos Estados Unidos, Chicago recebe visitantes de todo o mundo. Sabendo desse fluxo de pessoas, que vão à cidade tanto a passeio quanto a negócios, a rede europeia Langham decidiu levar os seus serviços hoteleiros de luxo para a cidade, instalando no último prédio concebido pelo arquiteto alemão Mies van der Rohe seu empreendimento.

tlchi_hero1O edifício com 52 andares tem quartos e outros ambientes suntuosos, que chamam a atenção, também, pela coleção de obras de arte que abrigam, incluindo obras de nomes como Jaume Plensa, Jua Ming, Judy Ledgerwood, Enoc Perez e Virginio Ferrari.

roomA arquitetura do prédio foi preservada pelo arquiteto Dirk Lohan - as paredes de mármore travertino e os pisos de granito seguem lá, além de um sofá que Mies ganhou de sua filha no final dos anos 1940.

spaEssa união entre arte, arquitetura e design faz do hotel um local de ambientes arejados, com linhas limpas, materiais bem escolhidos e detalhamento preciso. Fonte: Casa Vogue

 

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Painéis termoisolantes na fachada: temperatura interna amena

225759_412482125517225_1119328311_nUma das preocupações da arquitetura comercial recai sobre a sustentabilidade e a climatização dos ambientes. Um bom exemplo de resolução positiva do problema ocorreu no North Shopping Sobral, no Ceará, que optou pela instalação de painéis termoisolantes em sua fachada.

Região caracterizada pelas altas temperaturas durante o dia, a refrigeração dos shoppings é um dos itens de maior peso no cálculo dos custos de operação destes estabelecimentos por lá. Assim, todo o projeto do shopping Sobral foi orientado no sentido de minimizar os efeitos da incidência direta de sol nas alvenarias de fechamento e nas superfícies translúcidas.

Os arquitetos optaram pelo sistema de fachada ventilada e por cores menos absorventes de calor para o telhamento e os beirais de proteção dos vidros. Na fachada, o material utilizado para auxiliar na manutenção da temperatura interna em 22ºC foram os painéis termoisolantes TermoWall, que têm revestimento em aço e núcleo isolante em poliuretano (PUR). Os 4,6 mil m² de TermoWall utilizados foram fixados a 0,50 m de distância das paredes em blocos de concreto, criando um colchão de ar renovável que atenua a transferência de calor para o interior dos ambientes.

Fonte: PiniWeb.

CATEGORIA: Hotéis, INOVAÇÃO, MERCADO

Hotéis para quem procura design diferenciado

americanPara quem gosta de hotéis que valorizam a arquitetura e o design, a rede mexicana Grupo Habita é um prato cheio. Com estabelecimentos nas cidades de Playa del Carmen, Cidade do México, Monterrey, Puebla, Acapulco e Veracruz, o grupo chegou a Nova York, com o Hotel Americano.

Localizado no bairro de Chelsea, o lugar tem fachada em estilo industrial, em malha de aço inoxidável. No topo do edifício, piscina, bar, terraço e jardim costumam reunir os hóspedes para observar a cidade.

Mas os hotéis do México também são um deleite. O Hotel Habita, no bairro de Polanco, na Cidade do México, por exemplo, tem uma entrada discreta e paredes de vidro, que também reveste a fachada de cima a baixo.

CATEGORIA: INOVAÇÃO, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Supermercado em Berlim adota a embalagem zero

474259719_640Se você estiver em Berlim e resolver fazer suas compras para casa no supermercado Original Unverpackt, vá preparado: o estabelecimento não vende produtos em embalagens. Isso mesmo. Lá, para comprar shampoos, verduras e outros itens é preciso levar seus recipientes de casa.

No supermercado tudo é conservado em grandes silos e as mercadorias são vendidas apenas por peso. Os consumidores podem trazer recipientes reutilizáveis de casa ou encontrá-los na loja, juntamente com sacos de papel rigorosamente reciclados. O sistema permite que os clientes comprem  produtos sem embalagens desnecessárias e na quantidade que quiserem – tudo contra o desperdício de alimentos.

Veja na foto como ficará a disposição dos produtos na loja: um desafio também para quem trabalha com arquitetura comercial.

 

CATEGORIA: Hotéis, INOVAÇÃO, MERCADO

Patrimônio histórico: Cine Ipiranga, em SP, é tombado

ipirangafachadaA Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo tombou o antigo edifício que abrigava o Cine Ipiranga e o Hotel Excelsior, no centro da capital paulista. O projeto do arquiteto Rino Levi data da década de 40.

A ideia é preservar a galeria de entrada, o saguão, as salas de espera e de projeção. Fechado desde 2005, o prédio ainda deverá ser reaberto pela prefeitura da cidade para abrigar um cinema de rua.

O escritório VZA – Vera Zaffari Arquitetura incentiva a restauração e a preservação do patrimônio histórico. É de Vera Zaffari e sua equipe o projeto do Hotel Laghetto Viverone, instalado na Rua Dr. Vale, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. Confira detalhes sobre o projeto: http://bit.ly/1qYPp4U .

Leia mais no site Arqbacana sobre o tombamento do prédio do Cine Ipiranga, em São Paulo.