CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Painéis termoisolantes na fachada: temperatura interna amena

225759_412482125517225_1119328311_nUma das preocupações da arquitetura comercial recai sobre a sustentabilidade e a climatização dos ambientes. Um bom exemplo de resolução positiva do problema ocorreu no North Shopping Sobral, no Ceará, que optou pela instalação de painéis termoisolantes em sua fachada.

Região caracterizada pelas altas temperaturas durante o dia, a refrigeração dos shoppings é um dos itens de maior peso no cálculo dos custos de operação destes estabelecimentos por lá. Assim, todo o projeto do shopping Sobral foi orientado no sentido de minimizar os efeitos da incidência direta de sol nas alvenarias de fechamento e nas superfícies translúcidas.

Os arquitetos optaram pelo sistema de fachada ventilada e por cores menos absorventes de calor para o telhamento e os beirais de proteção dos vidros. Na fachada, o material utilizado para auxiliar na manutenção da temperatura interna em 22ºC foram os painéis termoisolantes TermoWall, que têm revestimento em aço e núcleo isolante em poliuretano (PUR). Os 4,6 mil m² de TermoWall utilizados foram fixados a 0,50 m de distância das paredes em blocos de concreto, criando um colchão de ar renovável que atenua a transferência de calor para o interior dos ambientes.

Fonte: PiniWeb.

CATEGORIA: Hotéis, Shoppings, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

A importância da iluminação na arquitetura comercial

LED-LE~1Um dos detalhes importantes a ser considerado em um projeto de arquitetura comercial é a iluminação. Sim, a iluminação pode auxiliar no fomento da vendas – ou tirar o consumidor mais cedo de dentro de um estabelecimento. “Uma loja bem iluminada faz com que o cliente fique mais tempo e, quanto maior o tempo gasto, maior é o tíquete médio”, afirma a arquiteta Vera Zaffari. Vera concedeu entrevista sobre o assunto à revista SuperVarejo, edição de maio.

Na matéria, Vera atenta para um dado importante: a iluminação está muito ligada à questão da sustentabilidade. “O supermercado é um ponto de venda que permanece muitas horas aberto, e a troca por lâmpadas e luminárias adequadas, com maior eficiência, não só ajuda o planeta como como auxilia a melhorar a rentabilidade da loja.”

Quer ver a matéria completa? Confira no site da SuperVarejo.

 

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Edifício produzirá sua própria energia no Rio

predio rio2Proporcionar economia para os compradores e um posicionamento positivo das empresas ali instaladas, do ponto de vista socioambiental. Esses são os objetivos do edifício RB12, instalado na Avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro. Projetado pelo escritório Triptyque, o empreendimento produzirá sua própria energia e poderá até mesmo vender a eletricidade excedente.

A fachada do local será bioclimática, sendo composta por um jogo de vidros com brilho diamantado em ziguezague, paisagismo suspenso e geração de energia por meio de painel solar e de pilha combustível. Quando pronto, este será o primeiro empreendimento corporativo do Brasil a utilizar painéis fotovoltaicos na fachada para a produção de energia elétrica.

O edifício comercial de 21 andares contará com um terraço verde no seu último pavimento e utilizará células de hidrogênio para produção de energia elétrica a partir do gás natural encanado.

 

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, Varejo

Shoppings no foco do colunista Paulo Sant’Ana

O colunista Paulo Sant’ana, do jornal Zero Hora (RS), de Porto Alegre, aborda hoje, em seu comentário diário, um tema que temos tratado aqui e trabalhado na VZA – Vera Zaffari Arquitetura: a funcionalidade dos shoppings centers.

santana

Assim como já abordamos algumas vezes no blog, o jornalista comenta a importância dos shoppings na prestação de serviços e demais atrativos ao público. A regra é mundial, os grandes centros comerciais passam por transformações e, cada vez mais, buscam oferecer experiências diferenciadas para atrair o público.

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, Varejo

Em pauta, os desafios e as tendências para os shoppings

shoppingsO Recon – The Global Retail Real Estate Convention ocorre de 18 a 20 de maio em Las Vegas mas, para quem não pode ir até os Estados Unidos conferir as últimas ideias e tendências a respeito do mercado de shoppings centers no mundo, a ABRASCE e a GSMD promovem, no dia 29, em São Paulo, o encontro Pós Recon 2014.

A intenção é reunir, em uma programação de uma manhã, os principais tópicos abordados pelo evento internacional, em primeira mão no Brasil. Entre os temas, a tecnologia aprimorando a experiência de compra dos consumidores, a inteligência agregada ao marketing por meio das informações sobre o comportamento do consumidor, as experiências dos shoppings no terreno do e-commerce, o novo boom dos outlets e a arquitetura e ambientação como fatores diferenciais dos shopping centers.

O Pró Recon 2014 ocorre no Espaço Milenium, na Vila Mariana. Confira detalhes da programação e informações sobre as inscrições: http://bit.ly/1mFT3xP .

 

 

 

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, Varejo

Lojas de rua e visual de merchandising: pautas de simpósio em SP

foto rua parisA Associação Brasileira de Franchising (ABF) promove em São Paulo, nesta quinta-feira, dia 8, o 5º Simpósio de Franquia de Moda e Cosméticos, reconhecido como um dos mais importantes do setor.

Tendências, estilos e inovações da área serão apresentados e debatidos, entre eles o poder das lojas de rua e do visual no merchandising – incluindo a arquitetura comercial e novas experiências na área de varejo.

A programação, que ocorre das 14h às 18h na ABF, inclui palestras de Marinho Ponci, da Chilli Beans.

Confira mais informações no site do evento.

CATEGORIA: INOVAÇÃO, INSTITUCIONAL, MERCADO, Shoppings, Varejo

VZA projeta novo layout e decoração da Luel

nova logo LUELO escritório VZA - Vera Zaffari Arquitetura foi o escolhido para realizar o novo projeto de layout e decoração da Luel, loja de móveis e decoração que reinaugura nesta sexta-feira, 9 de maio, na Av. Ipiranga, 7464, em Porto Alegre.

Fundada por Luiz Mário Magalhães Sá e Elvete de Oliveira Garcia Sá, a Luel está estabelecida desde o ano passado no moderno edifício Central Business Park, no bairro Jardim Botânico. Inicialmente voltada para a comercialização de móveis planejados, agora a Luel passa a atuar em variados segmentos de decoração, representando fabricantes conceituados de móveis planejados em MDF, sofás, poltronas, mesas, cadeiras e outros objetos. E Vera Zaffari, com sua expertise em arquitetura comercial, projetou a nova loja.

CATEGORIA: INSTITUCIONAL, MERCADO, NEWSLETTER VZA, Shoppings, Varejo

Newsletter Vera Zaffari Arquitetura

News VZA AbrilA Newsletter deste mês de VZA – Vera Zaffari Arquitetura resume o que de mais interessante foi publicado no blog da empresa nos últimos 30 dias.

Um artigo escrito por Vera Zaffari sobre como a sustentabilidade vem sendo usada pelo varejo como uma estratégia comercial é o destaque. Matérias sobre o sucesso de Lojas Renner e o evento Redesign, que será realizado em São Paulo, complementam a publicação.

 

 

CATEGORIA: MERCADO, Shoppings, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Artigo: sustentabilidade como estratégia comercial

Vera Zaffari_VZAArquitetura

O tema sustentabilidade entrou definitivamente na pauta de estratégias para atrair e fidelizar o cliente no varejo. E a arquitetura comercial torna-se uma excelente ferramenta para garantir esse sucesso. Bem criados e executados, projetos sustentáveis podem, além de preservar a saúde das pessoas e do meio-ambiente, reduzir custos e perdas e gerar receitas adicionais, aproximando clientes, fornecedores e colaboradores.

A consciência ambiental na boa orientação do ambiente do ponto de venda gera valores intangíveis para a marca. Projetos relacionados à sustentabilidade, reciclagem e utilização de materiais reciclados, com sistemas de geração de energias renováveis, reaproveitamento das águas, oferta de produtos verdes e saudáveis são exemplos de como os varejistas podem aplicar essa estratégia em seu negocio.

A arquitetura sustentável se materializa em projetos energeticamente eficientes, adaptados ao clima, considerando a iluminação natural integrada à artificial, com a especificação de acabamentos e materiais adequados ao clima e o uso de ventilação natural, numa acomodação eficiente ao entorno. Enfoca estratégias inovadoras e em dia com as novas tecnologias para melhorar a qualidade de vida cotidiana, aproveitando estruturas pré-existentes, usando materiais ecologicamente corretos e fazendo um planejamento territorial que envolva a proteção dos contornos naturais do empreendimento. Projetos de lojas sustentáveis estão ligados a fatores como qualidade ambiental interna e externa; redução do consumo energético; redução dos resíduos; redução do consumo de água; aproveitamento de condições naturais locais; implantação e análise do entorno; reciclar, reutilizar e reduzir os resíduos sólidos; e inovação – a busca de uma forma sempre melhor de fazer algo e agregar valor.

Grandes nomes do varejo mundial já praticam a sustentabilidade como estratégia de atuação. A Walmart investe na construção de unidades eco-eficientes com o uso de soluções em projeto, que vão desde a redução de impacto ambiental no início da obra à operação diária. A adoção de materiais reciclados e recicláveis na infraestrutura, o uso de painéis de comunicação visual com 90% de material reciclado em sua composição, torneiras e chuveiros com fechamento automático, iluminação com lâmpadas fluorescentes T5 e substituição de gases refrigerantes nos sistemas de ar condicionado e refrigeração são atitudes que garantem a sustentabilidade no varejo e podem ser melhor aplicadas com um bom projeto de arquitetura comercial sustentável.

Vale assinalar que a sustentabilidade estratégica anda de mãos dadas com a rentabilidade. Negócios sem rentabilidade não são sustentáveis. No futuro, todas as lojas serão “verdes”. O aprendizado e a disseminação de boas práticas transformarão as questões ambientais e trabalhistas e a relação com todas as partes interessadas em um fato comum entre as empresas de varejo. O planeta e as futuras gerações agradecem.

Vera Zaffari – Arquiteta

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Varejo recria relação com o consumidor

sb10062222e-001Compras pelo celular, provadores de roupas virtuais, integração do espaço com a natureza, etiquetas que demonstram praticamente o DNA do produto: o varejo se reinventa para atrair, consolidar e reter o consumidor.

Olhar além do core business virou regra. Inovações digitais conectam lojas físicas e online, desenvolvendo um entendimento estratégico das informações de venda – assim, as necessidades e desejos dos clientes são atendidos cada vez mais rápido e de forma mais efetiva.

Em um cenário de rápida evolução, o varejo precisa ser ágil, flexível e mais responsável do que sempre foi, conciliando tecnologia, sustentabilidade e o bom uso da arquitetura comercial para reinventar marcas sem acabar com suas essências.