CATEGORIA: CASES VZA, Centros de Distribuição, INOVAÇÃO, SUSTENTABILIDADE

PROJETO ASSINADO PELA VZA, NOVO CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DO GRUPO HIMALAIA É INAUGURADO

Com necessidade de expandir operações de negócios e realocar a infraestrutura de suas atividades, o Grupo Himalaia inaugurou em agosto deste ano um novo centro de distribuição de produtos em Eldorado do Sul/RS. A equipe Vera Zaffari Arquitetura participou do processo desde a concepção, projeto e orçamentação da obra, dedicando toda sua expertise técnica e conhecimento em centros de distribuição para atingir o melhor custo do empreendimento e eficiência na viabilização da execução da obra.

Os tons de branco, azul e vermelho da edificação respeitam a identidade visual da marca. Quatro vezes maior do que a infraestrutura anterior, a nova sede do CD Himalaia acompanha um padrão moderno em nível tecnológico.

Vista aérea do CD Himalaia

Vista aérea do CD Himalaia

Tecnologia de alta geração está presente em todos os equipamentos do CD Himalaia

Tecnologia de alta geração está presente em todos os equipamentos do CD Himalaia

As instalações contam com um prédio administrativo, um armazém, um restaurante aberto ao público interno e externo, além de todas as áreas técnicas e de apoio necessárias ao funcionamento de um centro de distribuição.

Sede administrativa com 2.000m² de área construída

Sede administrativa com 2.000m² de área construída

Armazém com 6.800m² de área construída

Armazém com 6.800m² de área construída

Restaurante aberto ao público

Restaurante aberto ao público

Enquanto a estrutura antiga possuía apenas cinco docas, o novo CD abriga 26 docas que atendem todo o fluxo de recebimento e expedição, com espaço para a manobra das carretas e fácil acessibilidade à rodovia. Com o crescimento das dependências do centro, aumentou também o número de funcionários do grupo, totalizando mais de cem colaboradores no quadro funcional.

Docas cobertas

Docas cobertas

Além do padrão moderno em nível tecnológico, o CD Himalaia é referência em sustentabilidade. Com o objetivo de economizar recursos naturais, o fechamento do prédio foi feito com materiais mais eficientes e isolantes, minimizando a carga térmica do ar condicionado e reduzindo o consumo de energia. As dependências são cobertas com isolante térmico e contam com lâmpadas sustentáveis, bem como iluminação natural, possibilitando menor consumo de energia. O uso de gerador em horário de ponta viabiliza uma economia mensal de 20%.

Ainda, aeradores nas torneiras, mictórios e torneiras com temporizador e bacias sanitárias com acionamento duplo resultam em uma economia de água de 49%. O reaproveitamento do calor excedente do ar condicionado é previsto para aquecer a água dos chuveiros dos funcionários.

Cobertura com telha zipada, isolamento térmico e acústico e iluminação natural

Cobertura com telha zipada, isolamento térmico e acústico e iluminação natural

Por tudo isso, o empreendimento está sendo apresentado pela VZA a outros clientes do mercado coorporativo, incluindo shoppings, hotéis e varejo, como modelo de sustentabilidade, economia e prospecção de marca.

 

 

 

CATEGORIA: SUSTENTABILIDADE

Artigo “Sustentabilidade como estratégia comercial”, editado pela diretora da VZA, é chamada de capa da Revista Dirigente Lojista. Confira o texto na íntegra!

Revista Dirigente Lojista | Julho 2014 | Edição 477 | Ano 40

O tema sustentabilidade entrou definitivamente na pauta de estratégias para atrair e fidelizar o cliente no varejo. E a arquitetura comercial torna-se uma excelente ferramenta para garantir esse sucesso. Bem criados e executados, projetos sustentáveis podem, além de preservar a saúde das pessoas e do meio-ambiente, reduzir custos e perdas e gerar receitas adicionais, aproximando clientes, fornecedores e colaboradores.

Dirigente Lojista

Leia Mais

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Painéis termoisolantes na fachada: temperatura interna amena

225759_412482125517225_1119328311_nUma das preocupações da arquitetura comercial recai sobre a sustentabilidade e a climatização dos ambientes. Um bom exemplo de resolução positiva do problema ocorreu no North Shopping Sobral, no Ceará, que optou pela instalação de painéis termoisolantes em sua fachada.

Região caracterizada pelas altas temperaturas durante o dia, a refrigeração dos shoppings é um dos itens de maior peso no cálculo dos custos de operação destes estabelecimentos por lá. Assim, todo o projeto do shopping Sobral foi orientado no sentido de minimizar os efeitos da incidência direta de sol nas alvenarias de fechamento e nas superfícies translúcidas.

Os arquitetos optaram pelo sistema de fachada ventilada e por cores menos absorventes de calor para o telhamento e os beirais de proteção dos vidros. Na fachada, o material utilizado para auxiliar na manutenção da temperatura interna em 22ºC foram os painéis termoisolantes TermoWall, que têm revestimento em aço e núcleo isolante em poliuretano (PUR). Os 4,6 mil m² de TermoWall utilizados foram fixados a 0,50 m de distância das paredes em blocos de concreto, criando um colchão de ar renovável que atenua a transferência de calor para o interior dos ambientes.

Fonte: PiniWeb.

CATEGORIA: INOVAÇÃO, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Supermercado em Berlim adota a embalagem zero

474259719_640Se você estiver em Berlim e resolver fazer suas compras para casa no supermercado Original Unverpackt, vá preparado: o estabelecimento não vende produtos em embalagens. Isso mesmo. Lá, para comprar shampoos, verduras e outros itens é preciso levar seus recipientes de casa.

No supermercado tudo é conservado em grandes silos e as mercadorias são vendidas apenas por peso. Os consumidores podem trazer recipientes reutilizáveis de casa ou encontrá-los na loja, juntamente com sacos de papel rigorosamente reciclados. O sistema permite que os clientes comprem  produtos sem embalagens desnecessárias e na quantidade que quiserem – tudo contra o desperdício de alimentos.

Veja na foto como ficará a disposição dos produtos na loja: um desafio também para quem trabalha com arquitetura comercial.

 

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, SUSTENTABILIDADE

Maior encontro sobre arquitetura sustentável no Brasil ocorre em agosto

construcao-civil-sustentavel2De 5 a 7 de agosto ocorre, em São Paulo, o Greenbuilding Brasil – Conferência Internacional e Expo, principal evento sobre construção sustentável no Brasil. Já estão confirmados entre os participantes alguns dos maiores nomes da arquitetura e do setor da construção do Brasil e do exterior, como André Belloni, engenheiro técnico e designer de iluminação, Bruna Barbieri, coordenadora de projeto e sustentabilidade, e Chris Pyke, vice-presidente de pesquisa do Green Building Council nos Estados Unidos.

O encontro ocorre desde 2010 e costuma reunir profissionais e acadêmicos que são referência no assunto para mostrarem a importância vital da conscientização ambiental, da existência de políticas públicas de sustentabilidade e da capacitação profissional do ramo da arquitetura sustentável.

A programação conta com sessão plenária e palestras técnicas simultâneas, para apresentação de casos práticos, com importantes palestrantes nacionais e internacionais. Uma exposição ocorre de 4 a 7 de Agosto, no Transamérica Expo Center, proporcionando oportunidades de negócios e networking junto ao seleto público que costuma visitar o evento.

CATEGORIA: GESTÃO DA QUALIDADE, INOVAÇÃO, MERCADO, SUSTENTABILIDADE

No Rio, Arq.Futuro propõe debate sobre urbanismo, arte e arquitetura

1999-Richard-Serra-Obra-reciente

Obra de Richard Serra no Guggenheim de Bilbao. Crédito: Divulgação/Guggenheim

Quem se interessa por arquitetura e estiver no Rio de Janeiro no dia 27 de maio não pode perder o Arq.Futuro, principal evento de debates sobre arquitetura e urbanismo do país.

No Teatro Adolpho Bloch, na Glória, às 15h, Carlo Ratti, diretor do MIT Senseable City Lab, e Reinier de Graaf, sócio do escritório OMA, falam sobre urbanismo e o papel da água na arquitetura e no design no painel Diálogos Urbanos: Cidades Fluidas.

Às 18h, o artista plástico Richard Serra e o crítico de arquitetura do The New York Times Michael Kimmelman conversam sobre a relação entre a cidade e a arte.

O objetivo do Arq.Futuro é contribuir para a melhoria do ambiente construído e da qualidade de vida nas cidades do Brasil. Ao mesmo tempo em que promove a preservação do patrimônio arquitetônico brasileiro, o Arq.Futuro propõe um diálogo sobre o desenho e a gestão das cidades.

 

 

CATEGORIA: Hotéis, Shoppings, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

A importância da iluminação na arquitetura comercial

LED-LE~1Um dos detalhes importantes a ser considerado em um projeto de arquitetura comercial é a iluminação. Sim, a iluminação pode auxiliar no fomento da vendas – ou tirar o consumidor mais cedo de dentro de um estabelecimento. “Uma loja bem iluminada faz com que o cliente fique mais tempo e, quanto maior o tempo gasto, maior é o tíquete médio”, afirma a arquiteta Vera Zaffari. Vera concedeu entrevista sobre o assunto à revista SuperVarejo, edição de maio.

Na matéria, Vera atenta para um dado importante: a iluminação está muito ligada à questão da sustentabilidade. “O supermercado é um ponto de venda que permanece muitas horas aberto, e a troca por lâmpadas e luminárias adequadas, com maior eficiência, não só ajuda o planeta como como auxilia a melhorar a rentabilidade da loja.”

Quer ver a matéria completa? Confira no site da SuperVarejo.

 

CATEGORIA: INOVAÇÃO, MERCADO, Shoppings, Supermercados, SUSTENTABILIDADE, Varejo

Edifício produzirá sua própria energia no Rio

predio rio2Proporcionar economia para os compradores e um posicionamento positivo das empresas ali instaladas, do ponto de vista socioambiental. Esses são os objetivos do edifício RB12, instalado na Avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro. Projetado pelo escritório Triptyque, o empreendimento produzirá sua própria energia e poderá até mesmo vender a eletricidade excedente.

A fachada do local será bioclimática, sendo composta por um jogo de vidros com brilho diamantado em ziguezague, paisagismo suspenso e geração de energia por meio de painel solar e de pilha combustível. Quando pronto, este será o primeiro empreendimento corporativo do Brasil a utilizar painéis fotovoltaicos na fachada para a produção de energia elétrica.

O edifício comercial de 21 andares contará com um terraço verde no seu último pavimento e utilizará células de hidrogênio para produção de energia elétrica a partir do gás natural encanado.

 

CATEGORIA: Hotéis, INOVAÇÃO, MERCADO, SUSTENTABILIDADE

Cubos destacam hotel Consolación na paisagem

consolacionUma das construções mais surpreendentes do mundo, o Hotel Consolación surpreende por sua arquitetura diferenciada.

Localizado na província aragonesa de Matarraña, na Espanha, o empreendimento comercial foi construído em uma antiga capela, onde ficam alguns quartos e a maior parte dos espaços públicos. Contudo, as acomodações mais distantes são compostos por 10 cubos independentes, todos de folha de madeira, com enormes vidraças, dispostos à beira de um penhasco, proporcionando uma experiência única ao hóspede. Seus interiores conjugam materiais como pinho tratado com cobre e folhas de metal, com sofisticação que inclui banheiras em ardósia e equipamentos tecnológicos de última geração.

Para completar, a cozinha é aberta, e é possível assistir ao chefs trabalharem na hora das refeições ou se servir quando a fome bater.

CATEGORIA: GESTÃO DA QUALIDADE, INOVAÇÃO, INSTITUCIONAL, MERCADO, SUSTENTABILIDADE

VZA é destaque na imprensa nacional

VZA_AuDuas das maiores revistas relacionadas à arquitetura e ao varejo ouviram Vera Zaffari sobre sua expertise na área.

Para a revista AU – Arquitetura e Urbanismo, a arquiteta falou sobre produtividade em escritórios de arquitetura: http://bit.ly/1g6kTiJ .

Já para a revista SuperVarejo, Vera mostrou a importância da iluminação na arquitetura comercial: http://bit.ly/SYhbDb .